Corresponsabilidad en la edificación de la Iglesia

A partir de la experiencia de los ministerios no ordenados en América Latina

  • Antonio Jose de Almeida
Palabras clave: Sinodalidad, misión pastoral, corresponsabilidad, pueblo de Dios

Resumen

Este artigo se propõe a recolher e refletir sobre a experiência latino-americana de ministérios não-ordenados sob os aspectos histórico, social, eclesial e pastoral. Dividido em cinco partes, a primeira esboça um quadro do fenômeno dos ministérios não-ordenados na Igreja latino-americana; a segunda recolhe o discernimento dos nossos bispos em eventos e/ou documentos que os mencionam explicitamente; na terceira, buscamos sua fundamentação teológico-pastoral no Concílio; na quarta examinamos alguns documentos do magistério universal; finalmente, narrando e analisando as ordenações episcopais na Igreja antiga, contemplamos um modelo que, relido a partir de nosso contexto atual, pode ajudar-nos a situar os ministérios não-ordenados num horizonte mais amplo, enriquecendo a caminhada sinodal refletida pela teologia e que, nos últimos anos.

Citas

Acerbi, A., Due ecclesiologie. Ecclesiologia giuridica ed ecclesiologia di Comunione nella Lumen gentium, Bologna 1975.

Alberigo, G. - F. Magistretti, Constitutionis Dogmaticae Synopsis Historica, Bologna 1975.

Almeida, A. J. de, Paróquia, comunidades e pastoral urbana, São Paulo 2009.

Almeida, A. J. de, «Estruturas a serviço da comunhão eclesial», Revista Eclesiástica Brasileira 34 (1974) 632-639.

Baraúna, G., A Igreja do Vaticano II. Petrópolis 1965.

Bravo Gallardo, C., Um povo de Deus adulto», Santo Domingo. Ensaios teológico-pastorais, Petrópolis 1993.

Conferenza Episcopale Italiana, «Il rinnovamento dei ministeri nella Chiesa Italiana», Il Regno Documenti 19 (1974) 204-208.

Conferência Geral do Episcopado da América Latina, A Igreja a atual transformação da América Latina à luz do Concílio. Conclusões, Petrópolis 19694.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, «Atas das reuniões da Comissão Central em preparação à X Assembleia». Comunicado Mensal [CM] 201-202 (1969).

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, «Ministérios em uma Igreja ministerial», SEDOC 9 (1976-1977) 1035-1044.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Missão e ministérios dos cristãos leigos e leigas, São Paulo 1999.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Plano de Emergência da Igreja no Brasil, Rio de Janeiro 1962.

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, Vocação e Missão dos Cristãos Leigos e Leigas, São Paulo 1999.

Congar, Y.-M., Ministeri e comunione ecclesiale, Bologna 1973.

Congar, Y.-M., «Ordinations invitus, coactus, de l´Église antique au canon 214»,

Revue des Sciences Philosophiques et Théologiques 50 (1966) 169-197.

Dupuy, B.-D., «Hay distinción dogmática entre la función presbiteral e la episcopal?», Concilium 34 (1968) 81-94.

Forte, B., I laici nella Chiesa Torino-Leumnan 1986.

Forte, B., Laicato e laicità, Casale Monferrato 1986.

Forte, B., La Chiesa della Trinità. Saggio sul mistero della Chiesa comunione e missione, Cinisello Balsamo 1995.

Geremia, F., I primi due capitoli della Lumen gentium. Genesi ed elaborazione del testo conciliare, Roma 1971.

Gonçalves, H., «Auxiliar pastoral. Quem é? Que faz?», Convergência 7 (1974) 946-949.

Lécuyer, J., Le sacrement de l’ordination. Recherche historique et théologique, Paris 1983.

Legrand, H.-M., «Ministerios de la Iglesia local», em: B. Laurent-F. Refoulé (eds.),Iniciación a la prática de la teología, Madrid 1985, 138-319.

Lubac, H. de, Méditation sur l’Église, Paris 1968.

Manzanares, J., «Los nuevos ministerios de lector y acólito. Commentario al motu proprio Ministeria Quaedam», Revista Española de Derecho Canónico 29 (1973) 361-384.

Mesters, C., «O futuro do nosso passado», Revista Eclesiástica Brasileira 35 (1975) 261-287.

Moeller Ch. (ed.), «Storia della struttura e delle idee della Lumen gentium», em: J.M. Miller, La teologia dopo il Vaticano II, Brescia 1967, 151-190.

Mortari, L., Consacrazione episcopale e collegialità, Firenze 1969.

Munier, Ch., Les Statuta Ecclesiae antiqua, Paris 1960.

Opitz, H. G., Urkunde zur Geschichte des arianischen Streits, Berlin-Leipzig 1935.

Parent, R., Une Église de baptisés. Pour surmonter l’opposition clercs/laïcs, Québec 1987.

Pintor S. (ed.), I laici nella Chiesa e nella società. Contributi per una riflessione teologica e pastorale, Roma 1987.

Ratzinger, J., Il nuovo Popolo di Dio. Questioni ecclesiologiche, Brescia 1969.

Routhier, G, Il Concilio Vaticano II. Recezione ed ermeneutica, Milano 2006. Santorini, A., L’ordinazione episcopale, Roma 1976.

Vogel, C., Ordinations inconsistentes et caractère inamissible, Torino 1978.

Publicado
2022-12-28
Cómo citar
de Almeida, A. J. (2022). Corresponsabilidad en la edificación de la Iglesia: A partir de la experiencia de los ministerios no ordenados en América Latina. Seminarios Sobre Los Ministerios En La Iglesia, 67(231), 225-248. https://doi.org/10.52039/seminarios.v67i231.1592